Por tratarmos diariamente de um n岯 expressivo de mulheres portadoras de endometriose, decidimos construir este site para que as pessoas, portadoras ou n㯬 possam ter mais informa絥s a respeito desta que 頵ma das mais intrigantes e enigmᴩcas doen硳 do corpo humano.
 

Acometendo cerca de 10% das mulheres em todo o Mundo e diminuindo substancialmente sua qualidade de vida, uma vez que a dor p鬶ica 頦req e muitas vezes incapacitante at頰ara as tarefas mais simples, ela 頣onsiderada uma doen硠importante sendo inclusive objeto da realiza磯 de congressos mundiais. ɠa chamada doen硠da mulher moderna, que se v꠯brigada a executar in岯s pap驳 ao mesmo tempo, o que acarreta um significativo desgaste f�co e espiritual.

Quem cuida de mulheres portadoras de endometriose se depara com pessoas cansadas, entristecidas, deprimidas e muitas vezes fr᧥is pela dor que enfrentam. Apresentam quadros dolorosos cros que muitas vezes se agudizam, e que praticamente n㯠 mais respondem a analg鳩cos comuns o que as obriga a procurar ajuda sistematicamente para terem suas dores atenuadas. S㯠 levadas por familiares, que n㯠sabem mais o que fazer quando as vꥭ com tanta dor. Estas mulheres, que jᠣonsultaram m餩cos das mais diversas especialidades e at頭esmo muitos ginecologistas, sem terem obtido o diagn㴩co de sua enfermidade, sentem-se angustiadas e ansiosas para se verem livres das dores rotineiras. A remota possibilidade de pensarem que ir㯠senti-las novamente as deixam absolutamente desesperadas. Hᠴamb魠as que se sentem sozinhas em sua longa peregrina磯 pelos consult⩯s, at頰orque seus familiares, quase sem esperan硠de v꭬as curadas, muitas vezes se excluem das consultas. Muitas s㯠consideradas pessoas que inventam sintomas e at頤e loucas algumas s㯠chamadas sendo submetidas a tratamento psiquiᴲico para resolver a dor que ࡲentemente튉 n㯠tem causa f�ca.

A endometriose 頵ma afec磯 que merece toda a aten磯 por parte dos m餩cos cl�cos e ginecologistas, cujo objetivo 頣uidar da sa堥 oferecer qualidade de vida ೠmulheres.

N㯠pretendemos que estas p᧩nas sejam um tratado de endometriose, at頰orque a Medicina ainda precisa encontrar muitas explica絥s para in岯s aspectos ligados a ela. Nosso intuito 頱ue aqui, tanto as portadoras de endometriose quanto as pessoas que com elas convivem, tomem conhecimento dos recursos terap굴icos dispon�is nos dias de hoje, al魠de ressaltar enfaticamente os aspectos humanos envolvidos com a mesma. Quem tem dor e sofre 頵m SER HUMANO e, assim sendo, deve ser CUIDADO em toda sua integralidade.
 
Dr. Marco Antonio Lenci
CREMESP 37.845
Dr. Reginaldo Guedes Coelho Lopes
CREMESP 22.980


CONTATE-NOS PELO SITE: